Textos

AO FIM, SEM FIM.
É desumano não poder desconstruir, apagar, pois mesmo demolido fisicamente, continua suspenso e indevidamente incólume na mente, ocupando não só o tempo que durou, mas o tempo que não lhe pertence mais. E se junta aos velhos escombros, não se mistura, mas se distorce. Ilegítimo e egoísta reivindica por mais espaço, gerando memórias fantasmas desnecessárias. Tenho convicção, que estas são punições pelos pecados que não cometi, em todas as vezes que amei, fui desamado e não perdi a calma.
Dom Franklin Mano
Enviado por Dom Franklin Mano em 28/05/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: jenniferphoon/flickr