Textos

A RESISTÊNCIA
Pele, agulhas, tintas, luz e sombra
Anjo de Butes lido no céu
Cigarros acessos
Desejos apagados
Cartas não escritas
Desencontros não marcados

Verdades editadas
Liberdade aos aliados
Enquanto os culpados
Veem os inocentes serem condenados
Solos de guitarra
Cordas quebradas
Enquanto o sangue pinga
E carne se rasga

Entre indícios e o necessário
Nem é tão cedo ou tarde pra mim
Entre o afago e o escarro
Quem nunca fez mal aos outros e a si!

Mais depois de um trago
E depois de um gole
A dor não comove
Mais depois de tragos
E depois de goles
As memórias fatalmente se destorcem
Enquanto o corpo cansado se move

Os olhos se abrem
Verdades editadas
Liberdade aos aliados
Enquanto os culpados
Veem os inocentes serem condenados
Entre estados de guerra e de paz
Nem tem tanta diferença assim

Mais tragos e doses
Mais tragos e doses
Dão o preço da vida

Tragos e doses
Tragos e doses
Os milagres da vida

Mais tragos e doses
Mais tragos e doses
Simplesmente aliviam...

Mais tragos e doses
Mais tragos e doses
E se seguem os dias...
Dom Franklin Mano
Enviado por Dom Franklin Mano em 27/09/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: jenniferphoon/flickr