Textos

RITUAIS
Eu te amo, mas não consigo te entender
Estamos nos machucando demais
Só você não consegue perceber
Que a distância faz mal pra mim e pra você

Entre memórias, sentimentos, anos e promessas
Erros, fugas, sorrisos e indiferenças
Cada perdão é como um novo parto
E trás uma esperança e desespero
Que só quem ama sabe de cor

Vem, ainda há
Mas não nos resta muito tempo
Pra ser feliz nos dias que vem
Visto tantos que perdemos
Pois de pó e lágrimas
Tantas vezes renascemos
Que ao certo não sabemos
Quanto amor ainda há
E os rituais que nós faremos
Pra galardoar o que não vivemos
Dom Franklin Mano
Enviado por Dom Franklin Mano em 30/06/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: jenniferphoon/flickr