Textos

ESTIMULAMOS A CRIMINALIDADE
Toleramos o crime por mero receio de que um dia possamos vim a cometê-lo, assim como nossos familiares, amigos, aliados e simpatizantes, e só nos tornamos intolerantes quando nós mesmos e os nossos sofrem com a crueldade de um crime, então nossa estúpida autopreservação se torna nossa autodestruição. Se fôssemos mais sensíveis e justos com as mazelas que sofrem nossos desconhecidos em decorrência da leviandade de outros, já teríamos criado mecanismos de pena capital e de isolamento irrevogável para desestimular a banalização da prática criminosa em sociedade, pois não há nada mais desumano que a certeza da impunidade e da penalidade branda, parcial e negociável em decorrência de um crime grave contra a vida.
Dom Franklin Mano
Enviado por Dom Franklin Mano em 20/01/2014
Alterado em 20/01/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: jenniferphoon/flickr