Textos

TIRANDO A LIMPO MEU AMOR
Enfim você sabe o que me resta
Minha memória é uma festa
Por isso sou imune aos seus presentes de dor
Meu amor...

Não te dei nada do que não sentia
Não pedi nada em troca
Nem mesmo a tua companhia
Não faço promessas
Não desperdiço palavras
Não uso disfarces
Gosto do jeito que sou meu amor

Não olhe nos meus olhos não
Olhe não
Não tem tristeza nem lágrimas
Não olhe nos meus olhos não
Olhe não
Não me sacrifiquei em nada

Já beijei teu corpo
Flui em tua alegria
Protegi teu sono enquanto dormias
Mas errei no espelho
Quando o fiz em pedaços
Eu olhei pra mim mesmo
Você não se viu
Mudou de fora pra dentro
Depressa de mais meu amor

Por isso não toque nas minhas marcas não
Toque não, toque não
Minhas marcas conhecem de cor as suas marcas
Não toque nas minhas marcas não
Toque não
Pois você pode sentir as suas marcas...
Dom Franklin Mano
Enviado por Dom Franklin Mano em 04/08/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: jenniferphoon/flickr