Textos

EM SINTONIA E CAOS
Não precisas mais mentir
Eu abro os olhos pra não ver
Você mudando tudo dentro de mim
Mesmo sem precisar, nem querer

Bebo outra dose de absinto
E perco mais um medo
Acaricio a pele com giletes
E sangro por desejo

Enquanto ela volta para mim
Fujo de mim
Enquanto ela volta para mim
Fujo de mim
Enquanto ela volta para mim
Volta para mim
Volta para mim
Fujo de mim

É bem melhor que eu não sentisse nada
Já não tenho nenhum medo
Sei que eu não mereço a eternidade
Mas por gentileza Deus me dê mais medos

Enquanto ela volta para mim
Volta para mim
Volta para mim

Mas se queres mesmo voltar entre e me abrace
E não mude mais meu jeito
Faz tempo que não vejo clara, à noite
Faz tempo que não te beijo

Beba outra dose de absinto
E perca mais um segredo
Acaricio sua pele com a língua
Enquanto você transpira de desejo

Seremos mais que um agora
Em sintonia e caos
Como fogo, combustível, mata e vento
Me perdoe se eu perder a calma
Me puna e me recompense do seu jeito

Ela grita por mim
Ele grita por mim
Ela grita por mim
Ele grita por mim

Dentro de mim
Dom Franklin Mano
Enviado por Dom Franklin Mano em 02/03/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: jenniferphoon/flickr