Textos

COM URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
Preciso te amar de todas as maneiras
Com toda intensidade, antes que você não queira
E venha outro dia
Os sentimentos podem desaparecer
Ou nossos corpos se desfazerem

Por isso preciso te amar cada minuto
Como se fosse o começo da vida
Por isso não permito que se permita a rotina
De não se permitir
De filtrar o que se quer, precisa se sentir

Não é necessidade ou vício, é a única maneira
Não dá pra se conter no corpo sem quebrar as fronteiras
Não dá pra fugir sem querer voltar todo dia
De noite, de manhã, feito absinto com aguardente de maçã

O ar não precisa da gente de nenhuma maneira
Ele não sabe disso, mas antes que você esqueça
Antes que se perca a vida, é bom você saber
Que ele teria menos sentido se não passássemos por aqui

Por isso nada de Meireles, Neruda, Sartre, Drummond, Ozeki
Eu te amo dum jeito que não se descreve
E nem me permitiria deixar outrem além de você
Disso tudo sentir, saber...

Preciso te amar de todas as maneiras
Com toda intensidade, antes que você não queira
E venha outro dia
Os sentimentos podem desaparecer
Ou nossos corpos se desfazerem

Por isso preciso te amar cada minuto
Como se fosse o começo da vida
Por isso não permito que se permita a rotina
De não se permitir
De filtrar o que se quer, precisa se sentir

Não é necessidade ou vício, é a única maneira
Não dá pra se conter no corpo sem quebrar as fronteiras
Não dá pra fugir sem querer voltar todo dia
De noite, de manhã, feito absinto com aguardente de maçã

O ar não precisa da gente de nenhuma maneira
Ele não sabe disso, mas antes que você esqueça
Antes que se perca a vida, é bom você saber
Que ele teria menos sentido se não passássemos por aqui

Por isso nada de Carpaneda, Bortolosy, Bars, Lanzelotte ou Barretti
Eu te amo dum jeito que não se descreve
E nem me permitiria deixar outrem além de você
Disso tudo sentir, saber...
Dom Franklin Mano
Enviado por Dom Franklin Mano em 04/04/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: jenniferphoon/flickr