Meu Diário
03/09/2018 02h41
FELIPE ANDREOLI DO ANGRA DEIXA AQUELE ABRAÇO PRA VOCÊS...

Felipe Andreoli nasceu na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, Brasil, em 7 de março de 1980. Baixista desde os 13 anos de idade, integra as bandas Angra, 4Action e Kiko Loureiro, entre outras, além de desenvolver o trabalho de produtor musical. Com uma extensa bagagem musical e grande versatilidade, gravou inúmeros discos e fez diversas turnês mundiais, que passaram por mais de 30 países. Músico de destaque no cenário nacional e internacional, Felipe é premiado todos os anos, há pelo menos 14 anos, como melhor baixista do Brasil, em praticamente todas as publicações e web sites especializados. Também figura entre os melhores baixistas do mundo de acordo com a revista japonesa Burrn!. Uma sétima colocação em 2007 deixou para trás ícones como Billy Sheehan, John Myung e Geddy Lee.

PRINCIPAIS PROJETOS

• FireSign (heavy metal melódico), com o amigo André Brunetti e companheiros do Karma.

• Di'Anno (heavy metal tradicional), com o ex-vocalista do Iron Maiden, Paul Di'Anno.

• Metris (fusion rock), um projeto instrumental com Vandré Nascimento (guitarra) e Renato Bon (Bateria).

• Vox (grunge), uma "evolução" do FireSign

• Karma (metal progressivo), banda que o revelou para o Angra.

• Angra (metal melódico/progressivo), sua banda principal, com notado sucesso em países como Japão, França, Taiwan, Itália e muitos outros.

• Freakeys (metal melódico/progressivo), projeto instrumental de Fábio Laguna lançado em 2006.

• Almah (metal melódico/progressivo), banda originalmente criada como projeto solo de Edu Falaschi, do Angra, e transformada em uma banda real com o lançamento do disco Fragile Equality em 2008.

• Bittencourt Project (rock progressivo), projeto solo de Rafael Bittencourt, do Angra.

• Kiko Loureiro, (rock instrumental), com quem toca ao vivo constantemente em seu projeto solo.

• Time Out, (fusion rock/metal), projeto instrumental com Mello Jr. (guitarra) e Maurício Leite(bateria).

• 4Action, quarteto instrumental com Alexandre Aposan, Sydnei Carvalho e Roger Franco.

• One Arm Away, banda de thrash metal.

• HeavyPop, projeto cover com Marcelo Barbosa, Bruno Valverde e Alirio Netto.

• Yngwie Malmsteen Tribute, projeto cover com Edu Ardanuy, Alexandre Aposan e Bruno Sutter.

DISCOGRAFIA

Di'Anno

• Nomad (2000)

Angra

• Rebirth (2001)

• Hunters and Prey (2002)

• Rebirth World Tour: Live in São Paulo (2003)

• Temple of Shadows (2004)

• Aurora Consurgens (2006)

• Aqua (2010)

• Angels Cry 20th Anniversary Tour (2013)

• Secret Garden (2014)

• Omni (2018)

Time Out

• Time Out (2005)

Karma

• Inside the Eyes (2000)

• Leave Now!!! (2005)

Vox

• Original (2006)

Freakeys

• Freakeys (2006)

Almah

• Almah (2006)

• Fragile Equality (2008)

• Motion (2011)

Kiko Loureiro

• Fullblast (2008)

• Sounds of Innocence (2012)

Bittencourt Project

• Brainworms I (2008)

COMO PRODUTOR / CO-PRODUTOR

• Rafael Nery - My Heaven

• Angra - Aqua

• Almah - Motion

• Almah - Fragile Equality

• Albra - Cidade Urbana

• Avantgard - The Sound Of Reason

PATROCINADORES

Felipe plays: baixos Ibanez / amplificadores Epifani / cordas, cabos e acessórios D'Addario / pedais NIG / bags e acessórios Gruv Gear / pedalboards Pedaltrain / pedais Darkglass Electronics / fones in-ear Xtreme Ears / pedais Boss / suportes Guitar Grip / efeitos Eventide / cases Capcase.

CONTATO PROFISSIONAL

Site Pessoal > http://felipeandreoli.com/

Site Angra > http://www.angra.net/ 

Facebook Pessoal > https://www.facebook.com/FelipeAndreoliPage/

Facebook Angra > https://www.facebook.com/AngraOfficialPage/ 

Twitter Pessoal > https://twitter.com/FelipeAndreoli 

Twitter Angra > https://twitter.com/angraofficial 

Instagram Pessoal > https://www.instagram.com/felipeandreoli/ 

Instagram Angra > https://www.instagram.com/angraofficial/ 

Youtube Pessoal > https://www.youtube.com/user/felipeandreoli0com 

Youtube Angra > https://www.youtube.com/user/AngraChannel 

 

 


Publicado por Dom Franklin Mano em 03/09/2018 às 02h41
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Franklin Emmanuel da Silva Mano e o site www.franklinmano.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
02/09/2018 20h55
DAMIEN ARIBERT DEIXA AQUELE ABRAÇO PRA VOCÊS...

Né en 1981, Damien ARIBERT commence à étudier la guitare classique à l'âge de 7 ans avec Evelyne Lacheret puis Brigitte Repiton. Il entre, en 2000, à l'Ecole Nationale de Musique et de Danse (ENMD) de Romans sur Isère dans la classe de Gilles Gogniat où il obtient le Diplôme d'Etudes Musicales (DEM).

De 2004 à 2006, il se perfectionne auprès d'Emmanuel Rossfelder (Victoires de la musique classique 2004, héritier d'Alexandre Lagoya) et devient titulaire en 2008 du Diplôme d'Etat de professeur de guitare classique.

Ses goûts musicaux très éclectiques, l'ont amené à composer des oeuvres variées (Editions du Petit Page) qui vont d'une suite pour 4 violoncelles en hommage au célèbre groupe Finlandais "APOCALYPTICA", à une valse romantico-jazz pour guitare seule "La Rossfelda", dédiée à Emmanuel Rossfelder (qui l’a intégrée dans son répertoire), en passant par la musique Sud-Américaine (« Eclipse à Rio », aux Editions Soldano), le swing, le ragtime...

Il se produit dans de nombreux festivals réputés (Festival « C’est pas classique » de Nice, Le « Festival Des Vents » à Morières Les Avignon, « Musiques à Pontorson »...) ainsi que dans diverses scènes régionales et nationales (Avranches, Aubagne, Marseille, Pernes les Fontaines, Avignon, La Garde Adhémar, Vénéjan, Valréas, La Baume de Transit, Comps...) qu’il lui arrive de partager avec des artistes de qualité comme Per-Olov Kindgren, guitariste Suédois de renommée internationale.

Damien Aribert a enregistré son CD "Destinations" en 2014 au Studio « La Buissonne », reconnu entre autres pour ses qualités acoustiques.

2017 a été une année riche en récompenses: il a remporté le 1er Prix du Concours International InterArtia, dans la catégorie «Guitare classique» pour l'ensemble de son travail, le 1er Prix du concours International Grec de composition "Kithara" avec sa bossa-nova "Nin-Nin" qui a été publiée la même année dans le magazine Américain "Classical guitar", et a été élu "Artiste International de l'année 2017" dans les catégories « guitare classique » et « composition musicale », par "International Art Society", dans le cadre du 35ème Festival International de guitare de Volos en Grèce.

Il enseigne la guitare classique à l'Ecole de Musique Intercommunale d'Avranches-Mont Saint Michel en Basse-Normandie, et joue sur les guitares du Luthier Vauclusien Renaud Galabert.

CONTACT PROFESSIONNEL

Website > https://www.damienaribert.com/

Facebook > https://www.facebook.com/damienaribert/

Youtube > https://www.youtube.com/user/damguitar/videos?reload=9 

 


Publicado por Dom Franklin Mano em 02/09/2018 às 20h55
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Franklin Emmanuel da Silva Mano e o site www.franklinmano.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
01/09/2018 00h01
GILLIARD DEIXA AQUELE ABRAÇO PRA VOCÊS...

Gilliard é um cantor reconhecido em todo Brasil, bem como nos países da África e Europa. Ingressou para a vida artística no final dos anos 70, sempre abordando temas românticos e que falem de sentimento. Natural de Natal, Rio Grande do Norte, cresceu em família essencialmente musical, que esteve sempre disposta a apoiá-lo em suas investidas para conquistar o seu maior sonho: cantar.

Tendo que trabalhar desde cedo, Gilliard começou em uma relojoaria, trabalhando pela manhã, estudando à tarde e cantando à noite. Nesse tempo, já cantava em festivais e tudo começou quando, aos 8 anos de idade, ganhou seu primeiro concurso como "a mais bela voz do Nordeste". Com isso, o tempo foi passando e continuou cantando, trabalhando e estudando. Suas primeiras aparições em público foram atuando em programas de rádio em sua cidade, onde aproveitava os intervalos comerciais para mostrar aos locutores e programadores algumas de suas composições.

Gilliard é casado com Silvia Marinho, a Silvinha ex-Harmony Cats. Tem dois filhos, Sylvio Marinho, que também é cantor e compositor e Bruna, que é médica.

Em suas primeiras canções, eram evidentes as influências recebidas de nomes como Luiz Gonzaga, Vicente Celestino, Luiz Vieira, Dolores Duran e Lupicínio Rodrigues, além de astros da Jovem Guarda, que na época reinavam na preferência popular. Como a situação de sua família era muito difícil e sofrida, como toda família humilde de classe baixa, Gilliard mudou-se para o Rio de Janeiro com apenas 13 anos ,e foi em busca de seu sonho, para assim poder também ajudar sua família. Lá cantava em bares e restaurantes, e com o tempo preparou um repertório com suas próprias músicas e assim partiu para outro estado : São Paulo.

E batendo de porta em porta, ele conseguiu mostrar seu trabalho para a gravadora RGE, que acreditou em seu talento e lançou seu primeiro LP nacionalmente, no final de 1979, com o grande sucesso "Aquela Nuvem". O primeiro LP vendeu mais de 1 milhão de cópias, além de ser gravado em outros países; sua carreira então continuou crescendo e daí para frente estava em todas as paradas de sucesso, mantendo todos os anos uma vendagem que lhe assegurava discos de ouro, platina, platina duplo e diamante ao mesmo tempo.

No total, somando todas as premiações em cada trabalho lançado, foram 12 discos de ouro, 10 discos de platina, 8 discos de platina duplo e 3 discos de diamante, o equivalente a 1 milhão de cópias, possuindo em toda sua carreira a venda de mais de 10 milhões de discos aproximadamente. Aumentando sua galeria de conquistas, ganhou troféus da Globo de cantor-revelação do ano e de cantor romântico do ano, recebeu também o troféu cantor e ídolo dos anos 80 da rádio e TV Manchete. Do programa do Chacrinha, Gilliard recebeu o troféu de ídolo da juventude romântica do Brasil. São esses alguns de diversos prêmios de rádios e TVs do Brasil, sem contar participações em todos os programas de destaque, como Globo de Ouro, Fantástico, Flávio Cavalcanti, Discoteca do Chacrinha e Programa Silvio Santos, tendo sido um dos campeões do quadro Qual é a música, permanecendo por 21 semanas seguidas invicto no programa.

Ao longo de sua carreira, Gilliard imortalizou grandes sucessos. Com seu jeito único de cantar, melodias elaboradas, marcadas pelo romantismo clássico e popular, embalando novelas, filmes, bailes e principalmente seus shows, sempre vividos com intensa emoção.

Recentemente, o cantor lançou o single "Folha ao Vento", composição de César Augusto e Cláudio Noam. Agora, Gilliard prepara a gravação de seu DVD Comemorativo, dos 38 anos de carreira.

CONTATO PROFISSIONAL

Site > https://www.gilliard.com.br/

Facebook > https://www.facebook.com/gilliardoficial

Instagram > https://www.instagram.com/gilliardoficial/

Twitter > https://twitter.com/gilliardoficial

Youtube > https://www.youtube.com/user/GILLIARDOFICIAL

E-mail > gilliardmarinho@hotmail.com

Telefone Shows > +55 11 9 4562-6325

 

 


Publicado por Dom Franklin Mano em 01/09/2018 às 00h01
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Franklin Emmanuel da Silva Mano e o site www.franklinmano.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
31/08/2018 12h29
TAI VEROTO DEIXA AQUELE ABRAÇO PRA VOCÊS...

Com estilo inusitado e voz marcante, Tai Veroto é uma das figuras expoentes do novo rock brasileiro e promete quebrar a monotonia da cena atual com suas ricas composições e sua visceralidade nos palcos.

Começando cedo no auto didatismo e mais tarde se especializando no canto popular, Tai coleciona uma longa experiência na música, seja cantando em bandas autorais, bandas baile ou mesmo como músico nas ruas de São Paulo.

Formado em Interpretação pelo curso de Artes Cênicas ECA-USP, Veroto encontrou no ofício do ator, a expressividade e a presença que marcam suas canções e suas performances. Do trabalho com o teatro deriva também sua veia poética, característica marcante em suas composições.

Natural de Santos/SP, Tai Veroto reside em São Paulo capital há cerca de 10 anos e aposta na multiplicidade da cidade como inspiração para suas canções.

O cantor conta, atualmente, com diversos lançamentos nas plataformas digitais entre EP, singles e videoclipes e promete novos lançamentos já nos próximos meses.

CONTATO PROFISSIONAL

Facebook > https://www.facebook.com/taiveroto

Instagram > https://www.instagram.com/taiveroto/

Twitter > https://twitter.com/taiveroto

Youtube > https://www.youtube.com/taiveroto

 

 


Publicado por Dom Franklin Mano em 31/08/2018 às 12h29
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Franklin Emmanuel da Silva Mano e o site www.franklinmano.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
29/08/2018 18h28
FERNANDO CEAH DEIXA AQUELE ABRAÇO PRA VOCÊS...

Fernando Ceah é cantor, compositor, vocalista e guitarrista da banda Vento Motivo.

Autodidata, começou a aprender violão aos 15 anos de idade. Dois acordes já foram suficientes para criar as primeiras canções. Desde então, Ceah se dedica a compor e tocar suas próprias músicas.

Ainda na escola, montou com amigos o que seria o embrião da sua futura banda. Entre apresentações no intervalo das aulas, shows, festivais estudantis e muito aprendizado, percebeu que a música não era apenas diversão, mas uma verdadeira vocação.

Se formou em jornalismo, e após oito anos como produtor de TV ao lado do jornalista Boris Casoy, resolveu abandonar o mundo das notícias para se dedicar integralmente, de corpo e alma, à música.

A estréia como profissional foi em 2003, quando o Vento Motivo lançou o primeiro álbum da carreira, “Luciana Vai Pra Guerra”. Desde então, lançaram os álbuns “Há Há (2006), “O Bem, O Mal E A Dúvida” (2010), “O Voo Do Marimbondo” (2014) e “Sol Entre Nuvens” (2016), entre singles, clipes, e vários projetos especiais nos quais a banda se envolve com o intuito de ajudar a fortalecer a cena do rock brasileiro.

Atualmente, o Vento Motivo inicia uma sequência de lançamentos antecipando faixas do sexto álbum da carreira, já batizado de “Obras Cruéis”, com lançamento previsto para o final do ano. Serão três singles com duas músicas cada, sempre uma autoral inédita, e uma releitura com o mesmo tema. O primeiro single da série é Fogo e Lágrimas / Sonhos, já disponível em todas as plataformas digitais. A primeira é uma composição inédita, e a segunda uma versão do clássico do Peninha com arranjo surpreendente que a transformou num rock personalíssimo.

Compositor inquieto e versátil, que se destaca pela qualidade, relevância e poesia nas letras, Fernando Ceah também desenvolve um projeto solo, para dar vazão a outras vertentes de sua obra artística, como autor e intérprete.

Todas as músicas da banda Vento Motivo, e também do trabalho solo, estão disponíveis nas plataformas digitais de streaming.

CONTATO PROFISSIONAL - Vento Motivo

Site > http://www.ventomotivo.com.br

Facebook > http://www.facebook.com/ventomotivo

YouTube > http://www.youtube.com/ventomotivo

YouTube > http://www.youtube.com/ventomotivoVevo

Instagram > https://www.instagram.com/ventomotivo/?hl=pt-br

CONTATO PROFISSIONAL - Carreira Solo

Facebook > http://www.facebook.com/fernandoceah

YouTube > http://www.youtube.com/fernandoceah

Instagram > https://www.instagram.com/fernando.ceah/?hl=pt-br

 

 


Publicado por Dom Franklin Mano em 29/08/2018 às 18h28
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Franklin Emmanuel da Silva Mano e o site www.franklinmano.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Página 7 de 100 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]


Imagem de cabeçalho: jenniferphoon/flickr