Meu Diário
15/04/2018 12h17
DALLTON SANTOS DEIXA AQUELE ABRAÇO PRA VOCÊS...

Dallton Santos está dentre os guitarristas brasileiros cujo reconhecimento e respeito são notórios, tanto por parte do público quanto dos próprios músicos.

Dallton nasceu em Santo André, estado de São Paulo e desde muito cedo travou contato com o mundo musical, eis em que sua família a música sempre esteve presente. Aliás desde seu avô, o qual inclusive foi músico e luthier; chegando à sua mãe que desde cedo teve educação musical.

O primeiro contato de Dallton com um instrumento musical foi aos 12 anos – um violão que era de seu pai – momento em que ficou fascinado com a possibilidade de reproduzir e traduzir em som aquilo que mais amava – “música!”

Dallton Santos sempre teve uma paixão pela música instrumental que veio até mesmo antes de tocar, e isto quando já se interessava em ouvir trilhas para desenhos, filmes e música erudita; época que passava horas ouvindo e também pesquisando os mais diversos gêneros musicais, bem como os mais diferentes instrumentos e suas respectivas sonoridades e aplicabilidades, dentro das mais diversas canções.

A partir dos 15 anos se apaixonou pela guitarra ao conhecer o som de Van Halen, Jimi Hendrix, Yes, Jeff Beck, Pat Metheny, Led Zeppelin, dentre outros.

Aos 18 iniciou sua viagem na seara instrumental compondo suas primeiras músicas, sendo uma delas revelada pela Revista Guitar Player Brasil, como destaque em uma sessão de demos.

Dallton Santos sempre foi muito estudioso e dedicado, sempre com vistas a ampliar seus horizontes dentro aprendizado e do conhecimento. Neste sentido, saliente-se que teve a oportunidade de estudar com os maiores nomes do ensino de guitarra do Brasil. Suas rotinas de estudos chegavam de 8 a 12 horas por dia, e todos os dias!

Em 2006 gravou seu primeiro álbum “Art in Motion”. Um álbum de rock progressivo e com vários elementos experimentais.

Em 2007 houve o primeiro reconhecimento expressivo, quando foi escolhido e classificado dentre os “12 dos melhores guitarristas do Brasil”, no concurso Gibson Contest.

Em 2009 – Tendo participado do projeto “O solo é seu” o qual foi patrocinado pela Guitar Player, obteve o premio de “o melhor improviso.”

As raízes do rock sempre estiveram bem evidenciadas em seu trabalho, mas Dallton Santos, músico estudioso e comprometido com seu trabalho, sempre almejava mais de seu instrumento e mais de si mesmo…

…Vislumbrava possibilidades de ampliar conhecimentos estudando outros estilos tais como jazz, música brasileira e funk. Neste período ouvia muito Frank Zappa, John Coltrane, Hermeto Paschoal, Herbie Hancock, Egberto Gismonti, Michael Brecker e Arnold Schoenberg. Queria se tornar um músico mais completo e sabia que estas seriam grandes e importantes referências.

Toda esta busca por conhecimento, pela escuta de outros estilos trouxe como consequência impactos muito positivos em sua musicalidade como um todo. O jazz e a música brasileira o ajudou a atingir uma maior sensibilidade harmônica, de outro lado, o funk lhe proporcionou a sensibilidade rítmica. Suas músicas começaram a soar rock com a fusão de outros estilos.

Em 2011 lançou “Virtual Fusion” – um álbum que atraiu a atenção de músicos e entusiastas no Brasil e exterior, além trazer como resultados inúmeras matérias nas principais revistas e sites especializados.

Dallton Santos também está presente nas maiores coletâneas de guitarristas lançadas no Brasil; Guitarras & Guitarristas (2010), Friends of rock guitar vol 1 (2012) e Herois da Guitarra vol 3 (2013)

Em 2014 venceu um “Concurso Internacional de Musica Instrumental” tendo sido classificado em primeiro lugar na categoria “Solo Performance”, do site Indi.com.

Em 2015 o site “JamTrack Central” selecionou dentre 2.200 guitarristas do mundo – apenas 12 como os melhores, e dentre ele lá estava o brasileiro Dallton Santos! Aliás, registre-se, que foi indicado em 3 categorias Fusion, Melhor Potencial e Originalidade.

O seu canal de vídeos no Youtube é um sucesso. Com um conteúdo praticamente autoral já atingiu a expressiva marca de 1.800.000 visualizações.

Dallton Santos, a par de todas as suas atividades, também se dedica com muita paixão e comprometimento à carreira de professor, atuando em São José dos Campos e Caçapava. Aliás, vale dizer, que além de lecionar também ministra workshops e master class em todo Brasil.

Enquanto músico profissional, além de sua carreira solo possui um trabalho paralelo com o trio No-Metric, o qual é um grupo de Prog/Fusion.

Em 2015 lança o seu terceiro álbum; “The Inner Things” mostrando toda sua musicalidade com extrema maturidade e criatividade, unindo de maneira precisa elementos do rock à música brasileira, deixando o resultado deste trabalho com uma sonoridade ímpar, única!
Vale a pena conferir!

Dallton Santos é um músico criativo, versátil, que se movimenta dentro do mundo musical sempre em busca de novas sonoridades, em constante trabalho de evolução com a sua guitarra, e sempre tendo em mente o seu ouvinte… quem o escuta, como vai escutá-lo, o que transmitir de si ao público… como e o que vai libertar de sua guitarra a todos aqueles que a escutam, mas que acima de tudo a sentem…

Sua preocupação em atingir um nível de excelência sempre maior é uma constante. A busca pela superação é intermitente. O superar-se para poder ofertar a quem lhe escuta o melhor de sua música é o seu maior e mais perseguido desejo. Desejo este que acaba sempre se concretizando dbevido à sua seriedade, comprometimento e amor àquilo que considera o mais sagrado em sua profissão – a música!

De outra parte, Dallton Santos sempre guarda dentro de si a humildade de continuar a ser um aplicado estudioso e pesquisador das infinitas possibilidades de combinações de ritmos, gêneros, sonoridades, tons, semitons, bends, etc…

Finalizando, tudo isso faz dele um músico que prima pelo senso investigativo do que efetivamente um som de qualidade pode vir satisfazer, tanto seu intelecto quanto seus ouvidos, trazendo alegria e satisfação para ele que toca assim como, igualmente, para quem o escuta!

CONTATO PROFISSIONAL

Site > http://dallton.com/site/

Site > http://toquemaisguitarra.com.br/

Instagram > https://www.instagram.com/dalltonsantosguitar/

Facebook > http://www.facebook.com/DalltonSantos

Twitter > http://www.twitter.com/DalltonSantos

Youtube > http://www.youtube.com/dsgtrword

Blog > http://dalltonsantos.blogspot.com.br


Publicado por Dom Franklin Mano em 15/04/2018 às 12h17
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Franklin Emmanuel da Silva Mano e o site www.franklinmano.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
14/04/2018 15h37
FERNANDO E FELIPE DO 2DE1 DEIXAM AQUELE BEIJO PRA VOCÊS...

2DE1 por Eles

A gente foi construindo uma história no susto, sempre fomos Fernando e Felipe, com o nome de batismo, ou os gêmeos, tentando trilhar um caminho que nos agradasse, mas sem olhar muito pra estação de chegada. Fomos herdando marcas criadas pela vida com o apego de um colecionador.

Bate o medo do recomeço, né? De colocar as memórias no baú pra que outras memórias sejam criadas, outras marcas, outras histórias. Mas existe algo pulsando aqui dentro, e a gente precisa liberar.

Até o sétimo mês de gestação, nossa mãe pensava ser um único bebê, já que só se conseguia ouvir uma batida de coração. Dois corações batendo e criando um único som, que mostrava uma sintonia incomum. E hoje continua assim, dois de um coração, que agora precisa bradar liberdade.

Registro Fotográfico: Jonas Tucci

CONTATO PROFISSIONAL

Facebook > https://www.facebook.com/2de1.love/

Twitter > https://twitter.com/2DE1_love

Instagram > https://www.instagram.com/2de1.love/

Youtube > https://www.youtube.com/channel/UCHMzCPL7lLxFLC0Xwfdemcw  

Shows e Imprensa

Gustavo Prandini

E-mail > gustavo@freakestudio.com

Telefone > +55 (11) 99740-7788

Telefone > +55 (11) 2528-1528

 

 


Publicado por Dom Franklin Mano em 14/04/2018 às 15h37
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Franklin Emmanuel da Silva Mano e o site www.franklinmano.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
13/04/2018 07h04
ALSELMO CARLUCCI DOS INOCENTES DEIXA AQUELE ABRAÇO PRA VOCÊS...

Anselmo Carlucci, conhecido como Anselmo Monstro é participante ativo do Movimento Punk desde 1978, iniciou sua trajetória em 1984 com a Banda SPCaos, como vocalista e atualmente é baixista dos Inocentes e Fogo Cruzado, bandas pioneiras do Punk Rock no Brasil.

Com os Inocentes, Anselmo Monstro possui uma carreira brilhante com 8 discos gravados, em DVD ao vivo e musicas de sua autoria, como Nem sempre, Um cara qualquer, entre outras, participou de programas de TV, entre eles, o extinto Programa “H” do Luciano Hulk, Altas Horas, Musikaos da TV Cultura, Rock Gol  na MTV, fez shows memoráveis ao lado de outras bandas Nacionais e fazendo abertura para bandas de grande nomes como Ramones, BadReligion, Sex Pistols em grandes festivais, foi destaque da revista Bass Player de agosto de 2014, fatos que ajudaram alavancar sua carreira como baixista do Rock Brasileiro.

Atualmente, mais precisamente em 2017, Anselmo Monstro, à convite do Matheus da Nada Nada Discos, um selo independente e garimpador de relíquias musicais, conseguiu realizar um de seus sonhos da antiga, gravar o disco da extinta banda SPCaos, com musicas de sua autoria, retiradas de uma fita K-7 gravada em um dos ensaios da época pois foi o único registro encontrado para dar frutos á 1000 cópias,  garantindo assim a banda SPCaoso destaque internacional, pois a maioria das cópias foram direcionadas ao Japão e Europa.

Anselmo segue sua carreira nos dias de hoje, com novos projetos junto aos Inocentes que inclui, entre outras coisas, lançamentode mais uma cerveja personalizada, essa comemorativa de 37 anos da banda e a gravação de um novo álbum que já esta em andamento, e com a banda  Fogo Cruzado que breve também terá novidades com mais um álbum lançado.

Anselmo Carlucci (Inocentes)

“Miséria e Fome” – Inocentes

Sempre gostei muito desta música. Por falar da desigualdade em geral, da miséria em evidência em um mundo onde existe tanta fartura e por ser algo que gera repúdio não apenas por punks, mas por todos em geral. Por eu tocar e por estar ainda em evidência depois de tantos anos e também porque quando eu era público do Inocentes, curtia muito essa música.

ANSELMO CARLUCCI - INOCENTES (1995 - Atualmente)

Em 22/03/2018 às 20 horas no Partisans Pub em São Paulo-SP, pela Cervejaria Suméria IPA lançou a CERVEJA INOCENTES.

Em 2017, uma instituição do punk rock e do rock nacional comemorou sua história disparando música e vitalidade para todos os lados. Se os 40 são os novos 30, o Inocentes provou que tem ainda muito mais a mostrar. Foram 35 anos de uma trajetória que nasceu no seio do movimento punk paulistano e segue mais viva do que nunca. 

Anselmo Monstro no baixo, Nonô (Luis Singnoreti) bateria, Ronaldo Passos na guitarra e Clemente, voz e guitarra, compõem desde 1995 aquela que se tornou a mais clássica e duradoura formação do Inocentes (até hoje mantida), inaugurada com o marcante disco “Ruas”.

O atual quarteto rodou os principais festivais do país (Abril Pro Rock, em Recife, Close Up Planet, em São Paulo, Goiânia Noise, em Goiânia e Porão do Rock, em Brasília) e dividiu o palco com as lendas Sex Pistols, Marky Ramone, Bad Religion, Pennywise, entre outros. Gravaram 7 álbuns e coletâneas e construíram uma história recente muito consistente e criativa, tendo a música “Cala Boca” (presente nas paradas das rádios rock assim que lançada) como marca registrada.

Em 2017, o Inocentes rodou o Brasil com shows comemorativos que incluirão os grandes clássicos, além de muitas surpresas que há tempos não eram revisitados pelo quarteto.

BANDA INOCENTES (1981 - Atualmente)

Clemente (líder da banda e uma das principais caras do rock nacional), na época baixista, iniciou a carreira em 1978 na lendária Restos de Nada. E passou pelos Condutores de Cadáver, de onde também saíram os outros membros fundadores do Inocentes, que logo se tornou um dos pilares do punk por seus shows incendiários e pela postura cheia de atitude.

Ao lado de Cólera e Olho Seco, participaram da coletânea "Grito Suburbano", em 1982, primeiro registro sonoro do punk brasileiro, e, no mesmo ano, do festival "O Começo do Fim do Mundo", no Sesc Pompéia, resultando em uma coletânea gravada ao vivo. Em 1983, lançaram o compacto "Miséria e Fome". Deveria ter sido o primeiro LP do grupo, mas a censura ainda persistia e 10 das músicas do disco foram barradas pela ditadura militar.

O reconhecimento internacional veio rápido: Jello Biafra (líder do Dead Kennedys) incluiu "Miséria e Fome" em sua lista dos 10 melhores lançamentos do ano no fanzine Maximum Rock’n’Roll, de San Francisco. “Grito Suburbano” foi lançado na Alemanha pelo selo Vinil Boogie com o nome de "Volks Grito", e a banda foi incluída em outra compilação alemã - "Life is a Joke", do selo Weird System.

Apesar do sucesso, com o acirramento das brigas de gangues entre 1983 e 1984, o Inocentes afastou-se do movimento e se aproximou da cena do rock paulista. Com uma sonoridade mais próxima ao pós-punk, chegaram à Warner em 1986 como o primeiro conjunto do punk paulista contratado por uma grande gravadora. Ali foram lançados três discos, entre eles o antológico EP "Pânico em SP".

Com a saída da Warner no início dos anos 90, a banda passou por um período conturbado, com várias mudanças de formação e sonoridade, mas sempre produzindo e lançando discos, até retomar a trilha do sucesso com seus integrantes atuais.

CONTATO PROFISSIONAL

Site Inocentes > http://www.inocentes.com.br

Instagram Inocentes > https://www.instagram.com/inocentesoficial/ 

Facebook Inocentes > https://www.facebook.com/Inocentes-Oficial-219312414821290/

 

 


Publicado por Dom Franklin Mano em 13/04/2018 às 07h04
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Franklin Emmanuel da Silva Mano e o site www.franklinmano.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
10/04/2018 21h18
JOÃO FERNANDO COUTINHO DEIXA AQUELE ABRAÇO PRA VOCÊS...

João Fernando Pontual Coutinho, nasceu em 22 de agosto de 1979, na Cidade do Recife, Estado de Pernambuco, Brasil.

João atualmente é Deputado Federal do Brasil pelo Estado de Pernambuco, filiado ao Partido Republicano da Ordem Social (PROS).

Foi eleito Deputado Federal em 2014, com 120.059 (cento e vinte mil e cinquenta e nove votos) pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), para a 55.ª legislatura (2015-2019).

Antes ele exerceu o cargo de Deputado Estadual por 03 (três) mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa de Pernambuco – ALEPE (de 2002 a 2014) pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB).

Na ALEPE, também ocupou o cargo de Primeiro-Secretário da Mesa Diretora por 08 (oito) anos. Ele ainda presidiu, durante 02 (dois) períodos, a Comissão de Ciência, Tecnologia e Informática da Casa de Joaquim Nabuco. Uma das marcas da sua vida pública, sempre trabalhou para aproximar o poder legislativo da população, principalmente das comunidades mais carentes, no campo da educação, e na geração de emprego e renda. Em suas experiências políticas, o deputado sempre defendeu a melhor utilização dos recursos públicos.

Na Câmara Federal, teve todo o seu primeiro mandato marcado por intensa atuação legislativa. João contabiliza vários projetos de lei, inúmeros requerimentos, além da titularidade em importantes Comissões como: Comissão Mista de Orçamento (CMO), uma das mais importantes do Congresso Brasileiro, que tem entre as suas atribuições definir o orçamento do Governo Federal para o ano inteiro. Na condição de membro sempre lutou pela manutenção de importantes programas sociais assim como buscar mais recursos para o Estado de Pernambuco. Ele também já foi Membro Titular da Comissão de Minas e Energia (CME), e em 2017 foi eleito Vice-Presidente da Comissão de Defesa do Consumidor (CDC).

Reconhecido pelos seus pares na Câmara, João Fernando foi escolhido Coordenador da Bancada Pernambucana no Congresso Brasileiro, e foi um dos responsáveis pela manutenção dos investimentos, apesar do grande contingenciamento de recursos, para a continuidade na construção da Adutora do Agreste, mantendo o diálogo entre os Governos Estadual e Federal.

Defensor da Vaquejada, foi um dos autores da PEC e teve papel fundamental de articulação na Câmara para aprovação da medida que regulamentou a prática da Vaquejada e também outros esportes equestres em todo o Brasil.

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, recentemente, o Projeto de Lei nº 9086/17, no qual João Fernando foi o relator, e que cria a Política Nacional de Biocombustíveis - RenovaBio. Um programa do Governo Federal, lançado para expandir a produção de biocombustíveis, entre eles o etanol, o biodiesel, o biogás e o bioquerosene.

Em Pernambuco, a atuação de João Fernando tem sido destaque pela sua capacidade de ajudar os municípios, destinando recursos e assim garantindo melhorias nos serviços públicos para todos os cidadãos.

CONTATO PROFISSIONAL

Facebook > https://www.facebook.com/joaofernandopros90/

Instagram > https://www.instagram.com/joaofernando90/

Site Pessoal > http://www.joaofernando.com.br/

E-mail > dep.joaofernandocoutinho@camara.leg.br

 


Publicado por Dom Franklin Mano em 10/04/2018 às 21h18
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Franklin Emmanuel da Silva Mano e o site www.franklinmano.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
10/04/2018 18h24
WALDEMAR BORGES DEIXA AQUELE ABRAÇO PRA VOCÊS...

Waldemar Borges do Partido Socialista Brasilero (PSB), em 2014 foi  reeleito para o segundo mandato consecutivo para Deputado Estadual de Pernambuco (2015-2018).

Waldemar foi líder do Governo do saudoso Eduardo Campos, do Governo João Lyra Neto e atualmente exerce a mesma função no Governo Paulo Câmara (2015-2018).

Na 17ª Legislatura (2011/2014), foi membro titular das Comissões de Constituição, Legislação e Justiça e de Finanças, Orçamento e Tributação. Também atua como suplente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher. Na atual Legislatura é suplente nas Comissões de Constituição, Legislação e Justiça; Finanças, Orçamento e Tributação; Meio Ambiente e Defesa dos Direitos da Mulher.

Ao longo da Legislatura anterior, o deputado Waldemar Borges encaminhou e discutiu mais de 600 projetos de lei apresentados pelo Executivo. Todos foram aprovados, sendo a maioria deles por unanimidade. É envolvido com a atividade política desde a sua juventude, quando participou do processo de reorganização dos movimentos estudantil e comunitário na luta pela redemocratização do País.

Waldemar Borges foi eleito vereador do Recife por quatro mandatos consecutivos, assumindo a presidência da Câmara Municipal entre os anos de 2003 e 2004. Borges foi diretor e secretário-adjunto da Secretaria de Trabalho e Ação Social de Pernambuco no Governo de Miguel Arraes, em 1986. Voltou a ser secretário de Arraes em 1995, na pasta de Projetos Especiais. Em 2001, assumiu a Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura do Recife e, em 2005, a presidência da Empresa de Processamento de Dados do Recife, a EMPREL. No Governo Eduardo Campos, foi secretário de Articulação Social de 2007 a 2010, quando, entre outras atribuições, coordenou a Câmara de Prevenção Social do Pacto Pela Vida e o Conselho Estadual de Desenvolvimento Social (CEDES).

CONTATO PROFISSIONAL

Site > http://www.alepe.pe.gov.br/parlamentar/waldemar-borges/

Facebook > https://www.facebook.com/WaldemarBorges/

Instagram > https://www.instagram.com/waldemar_borges/?hl=pt-br

E-mail > waldemar_borges@alepe.pe.gov.br

 

 


Publicado por Dom Franklin Mano em 10/04/2018 às 18h24
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Franklin Emmanuel da Silva Mano e o site www.franklinmano.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Página 11 de 78 « 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 » [«anterior] [próxima»]


Imagem de cabeçalho: jenniferphoon/flickr